Assine nosso site

Receba nossas publicações em seu email.

Junte-se a 8.541 outros assinantes

Estudo da quinta feira. Tema: Coração de servo – Parte 02

QUER RECEBER ARTIGOS INFORMATIVOS, ESTUDOS BÍBLICOS, REFLEXÕES, SERMÕES E CURSOS GRATUITOS TODA SEMANA EM SEU WHATSAP?

Entre no grupo do Professor Josias Moura agora e receba todos estes recursos gratuitamente.

Coração de servo – Parte 02

“Meu servo Calebe pensa de modo diferente e me segue completamente.” Nm 14.24 (Trad Livre de NCV).  “Pense sobre você do mesmo jeito que Jesus pensava de Si.” Fp 2.5 (Trad Livre de Msg).

Introdução

PARA TER UM CORAÇÃO DE SERVO VOCÊ PRECISA PENSAR COMO SERVO. Para ser um verdadeiro servo de Deus, você tem que incrementar a forma de pensar, mudar as atitudes. Deus está sempre mais interessado no porquê fazemos determinadas coisas do que como ou o que fazemos.

As atitudes são mais importantes do que as realizações. O rei Amazias perdeu o favor de Deus porque Ele fez o que era justo na presença do Senhor, mas não com a sinceridade de seu coração.

Mas como os verdadeiros servos de Deus pensam?

1. Pensam em Focalizar nos outros e não em si mesmos.

Esta é a verdadeira forma de humildade: não pensar pouco de nós mesmos, mas pensar pouco em nós mesmos . Paulo disse: “Esqueçam de vocês o suficiente para nos dar uma ajuda”. Isto é o que chamamos – perder a vida “ esquecendo de nós mesmos no servir aos outros. Quando paramos de nos centrar em nossas próprias necessidades, nós nos apercebemos das necessidades dos outros.

Jesus “esvaziou-se a si mesmo por tomar a forma de servo”. Quando foi a última vez que você se esvaziou em benefício dos outros? Você não pode ser um servo se estiver cheio de si mesmo. Só quando nos esquecemos de nós mesmos é que fazemos as coisas que merecem ser lembradas.

Infelizmente, muito do nosso serviço é geralmente servir a nós mesmos. Servimos para que os outros gostem de nós, para que nos admirem, ou para alcançarmos algum objetivo de interesse pessoal. Isso é manipulação, não ministério. É o que acontece quando ficamos todo o tempo em que estamos pensando sobre nós mesmos e quão nobres e maravilhosos nós somos.

Algumas pessoas tentam usar o serviço para fazer comércio com Deus: “Vou fazer isso para o Senhor, Deus, se o Senhor fizer alguma coisa por mim”. Servos verdadeiros não usam Deus para seus propósitos. Eles permitem que Deus os use para os Seus propósitos.

A qualidade do desprendimento, como a fidelidade, é extremamente rara. De todas as pessoas que Paulo conhecia, Timóteo foi o único exemplo que ele apontou. Pensar como um servo é difícil porque me desafia no problema básico de minha vida: sou, por natureza, egoísta. Penso muito mais em mim mesmo. Esta é a razão porque a humildade é um motivo de luta diária, lição que precisa ser reaprendida constantemente.

A oportunidade de ser servo me confronta dezenas de vezes todo o dia quando me dou a chance de escolher entre suprir minhas necessidades ou as necessidades dos outros. Negar-se a si mesmo é o centro do serviço.

Podemos medir o coração de servo ao analisarmos o fato de como nós respondemos quando os outros nos tratam como servos. Como reagimos quando nos dão ordens, mandados ou somos tratados como inferiores? A paráfrase da Versão The Message em Mateus 5:41 diz: “Se alguém leva vantagem injusta sobre você, use a oportunidade para praticar a ação do servo”.

2. Pensam como mordomos e não como donos

Os servos se lembram que Deus é o dono de tudo. Na Bíblia, um mordomo era o servo de confiança que gerenciava uma determinada área. José foi um tipo de servo como prisioneiro no Egito. Primeiro, Potifar confiou seu lar a José. Então o carcereiro confiou sua prisão. Eventualmente Faraó confiou o país inteiro a ele. Serviço e mordomia andam juntos desde que Deus espera que sejamos confiáveis nos dois. A Bíblia diz: “Uma só coisa é requerida dos servos e esta é que sejam fieis ao seu mestre”. Como você está tratando os recursos que Deus confiou a você?

Para se tornar um servo verdadeiro, você precisa clarear a idéia sobre o dinheiro em sua vida. Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores…” Você não pode servir a Deus e ao dinheiro. Ele não disse que você pode servir aos dois, mas sim que precisa fazer uma escolha. Viver para o ministério e viver para o dinheiro são alvos mutuamente exclusivos. Não se combinam. Qual dos dois você escolhe? Se você é um servo de Deus, não pode vacilar. Todo o seu tempo pertence a Deus. Ele insiste em dedicação exclusiva, nunca em fidelidade parcial.

O dinheiro tem um grande potencial para tirar Cristo de sua vida. Muita gente não serve por causa do materialismo, mais do que por outra razão. Dizem: “Depois que eu alcançar meus objetivos financeiros vou servir a Jesus.” Essa é uma decisão tola de que vão se lamentar por toda a vida. Quando Jesus é o seu Mestre, o dinheiro é que lhe serve, mas se o dinheiro é o seu mestre, você se torna um escravo dele. Riqueza certamente não é um pecado, mas falhar em usá-la para a glória de Deus é. O verdadeiro servo se preocupa mais com o serviço do que com o dinheiro.

A Bíblia é muito clara – Deus usa o dinheiro para testar nossa fidelidade como servo. Essa é a razão porque Jesus falou mais sobre dinheiro do que sobre o céu ou inferno. Ele disse: “Se você não é confiável ao tratar com as riquezas do mundo, quem vai confiar a você as verdadeiras riquezas?” Como você administra seu dinheiro afeta o quanto Deus pode abençoar sua vida.

Conclusão

Por fim, mais uma forma de servir à Deus verdadeiramente é glorificar a Ele por meio das suas ações cotidianas. “Quer comais, quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Coríntios 10:31 ACF).

Ser uma pessoa cristã vai muito além de ir à igreja ou conhecer toda a Bíblia. O principal é que aqueles que estão ao nosso redor consigam ver Deus por meio das nossas vidas e das nossas atitudes.

Quando somos um testemunho vivo de quem Deus é e do que Ele pode fazer, estamos servindo à Ele automaticamente. Tornamo-nos embaixadores da Palavra de Vida. Por isso, é fundamental entender os ensinamentos do Senhor e pedir ajuda à Ele para viver uma vida de devoção e verdadeira adoração.

Na próxima semana, estudaremos a parte 03 deste estudo.

👉Gostou do nosso site? Ajude-nos a mantê-lo e melhorá-lo ainda mais!

👉Abençoe-nos com uma oferta via PIX: CPF 02385701421

👉Seja um parceiro desta obra e ajude a espalhar o conhecimento e a palavra de Deus. 

“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” Lucas 6:38

SOBRE O AUTOR:
Josias Moura de Menezes

É formado em Teologia, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. É especialista em Marketing Digital, Produção Audiovisual para Web, Tecnologias de Aprendizagem a Distância, Inteligência Artificial, Jornalismo Digital e possui Mestrado em Teologia. Atua ministrando cursos de capacitação profissional e treinamentos online em diversas áreas. Para mais informações sobre o autor <clique aqui>.

Compartilhe esta mensagem

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
Email

FAÇA NOSSOS CURSOS DE CAPACITAÇÃO A DISTÂNCIA GRATUITOS

Livre

Capacitação em Gestão do Tempo, Planejamento Pessoal e Produtividade – Gratuito

ADQUIRA NOSSAS BIBLIOTECAS DIGITAIS

Show Comments (0)

Deixe uma resposta