Assine nosso site

Receba nossas publicações em seu email.

Junte-se a 8.544 outros assinantes

MODELO Nº 1 DE LITURGIA PARA CERIMÔNIA DE CASAMENTO

QUER RECEBER ARTIGOS INFORMATIVOS, ESTUDOS BÍBLICOS, REFLEXÕES, SERMÕES E CURSOS GRATUITOS TODA SEMANA EM SEU WHATSAP?

Entre no grupo do Professor Josias Moura agora e receba todos estes recursos gratuitamente.

Postei aqui neste link, um modelo para a realização de liturgias de casamento. Este material é útil para pastores que celebram casamentos.
Para ver o esboço de liturgia de casamento clique aqui.

👉Gostou do nosso site? Ajude-nos a mantê-lo e melhorá-lo ainda mais!

👉Abençoe-nos com uma oferta via PIX: CPF 02385701421

👉Seja um parceiro desta obra e ajude a espalhar o conhecimento e a palavra de Deus. 

“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” Lucas 6:38

SOBRE O AUTOR:
Josias Moura de Menezes

É formado em Teologia, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Licenciatura em Matemática. É especialista em Marketing Digital, Produção Audiovisual para Web, Tecnologias de Aprendizagem a Distância, Inteligência Artificial, Jornalismo Digital e possui Mestrado em Teologia. Atua ministrando cursos de capacitação profissional e treinamentos online em diversas áreas. Para mais informações sobre o autor <clique aqui>.

Compartilhe esta mensagem

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Print
Email

FAÇA NOSSOS CURSOS DE CAPACITAÇÃO A DISTÂNCIA GRATUITOS

Livre

Capacitação em Gestão do Tempo, Planejamento Pessoal e Produtividade – Gratuito

ADQUIRA NOSSAS BIBLIOTECAS DIGITAIS

Show Comments (0)

0 comentário em “MODELO Nº 1 DE LITURGIA PARA CERIMÔNIA DE CASAMENTO”

    1. Amado irmão
      O sr pode fazer a invocação da Benção Matrimonial na Auisência de Ministro da Palavra e dos Sacramentos(Pastor).
      Esta constituira não de uma celebração de casamento e em acordo com a Lei 1.110 de 23 de maio de 1950, e o amado irmão nãopode celebrar o casamento mas sim invocar as bençãos de Deus sobre a vida dos rubentes.
      Outra observação importante é que o Presbitero não declaras os noivos marido e mulher, pois isto se dá no cartório e na Igreja o processo só pode ocorrer após a contração do casamento diante do magistrado de paz.
      Forte abraço

Deixe uma resposta